sexta-feira, 5 de março de 2010

Bullying é terrorismo!


E eu sei do que falo.

Quem o pratica deve ser punido como tal.
São crianças? São adolescentes? São. E depois? Quem pratica bullying nunca será alguém muito aprazível. Será sempre um cobarde malicioso, uma besta.
Existem casas de correcção. È bom que se lhe dê uso.

Muitos dirão a esta altura: "Este tipo é doido. Mas alguma vez esta brincadeira de putos merece tamanho castigo?"
Merece sim, e a prova disso mesmo foi o que aconteceu ao jovem de Mirandela.

A escola, essa, é claro que vai averiguar se terá alguma responsabilidade no caso, e é claro que não terá nenhuma nas suas próprias conclusões. Estamos habituados.
As autoridades policiais e judiciais nunca apurarão responsabilidades porque nunca será provado que o suicídio esteja relacionado com uma traquinice de miúdos. Estamos habituados.
Haverá protestos dos pais enquanto se lembrarem da situação, depois, com o passar do tempo acabarão por se calar. Estamos habituados.
A escola continuará por responsabilizar e a ser irresponsável, assim como quem a dirige. Também estamos habituados.
Se duvidas houver, basta recordar outra situação que ainda há pouco tempo foi de novo notícia ao fim de seis meses, refiro-me á menina da escola do Montijo.
È bom que se comece a levar a sério um crime aparentemente pouco grave, mas no qual a morte de alguém pode sempre surgir como recurso em desespero de quem sofre. E quando digo alguém, falo da vitima ou eventualmente do agressor. È que enquanto vítima, passa pela cabeça fazê-lo ao sacana que nos faz sofrer, assim ele venha sozinho.

Ainda esta prática cobarde não tinha sido baptizada com o nome pomposo de bullying e eu já a conhecia.
Passei por uma situação semelhante enquanto criança, e garanto que é insuportável. Felizmente não chegou a ser de gravidade tão elevada como a do Leandro, o rapaz que se lançou ao Tua, talvez porque tenha conseguido por instinto desenvolver algumas defesas.

Aqui, a resistência psicológica depende de cada um, ou do tipo de agressão, a minha durou quatro meses até ter coragem de dizer em casa que era assaltado dia sim, dia não. Felizmente tive possibilidade de mudar de escola em poucos dias, e acabou a angustia.

Parece ridículo dizer que é preciso ganhar coragem para revelar aos pais o que se passa, mas é verdade, no fundo ficamos envergonhados uma vez mais porque vamos contar que nos humilham, mesmo que seja aos pais, mesmo que seja aqueles que sabemos que melhor nos poderão ajudar. È desesperante. Alguns não aguentam a pressão.

À partida pensa-se que quem sofre bullying, é alguém frágil, alguém cobarde, não é. Frágeis e cobardes são os agressores que nunca atacam sozinhos. São como as hienas, até no riso.

Encaixar um soco de alguém sem nada ter feito, e nada poder fazer porque o cabrão tem dois merdas nas suas costas a protegê-lo exactamente porque têem a noção que tu o podes matar ali á pancada, é frustrante.

Bullying é terrorismo psicológico, muito mais que uma simples agressão física, é enxovalho, é humilhação, é contra os direitos humanos, pode levar á morte ou deixar sequelas para o resto da vida. È muito grave e tem de ser valorizado como tal.

È importante que as vitimas falem, e se por aqui alguém passar que sofra de tal, o conselho que deixo é: Enche o peito de ar e conta aos teus pais, eles vão compreender e são quem melhor pode ajudar, ou em alternativa vai á policia e conta, faz queixa, assim, se acontecer algo de mais grave, alguém terá já um nome ou uma historia registada.

E já agora, se alguém sabe de alguma situação, não seja cúmplice, conte aos familiares das vítimas, aos funcionários da escola ou ao director. Faça alguma coisa.
...

9 Pinokadas:

Anónimo disse...

Caro amigo,
finalmente alguem que pensa como eu!!
são crianças e não podem ser castigados?? e no que se irão tornar quando deixarem de ser crianças??
se as casas de correcção existem façam uso delas, para que situações destas nao voltem a acontecer..
parabens pela sua publicação,continue..

Alex disse...

"Quem pratica bullying nunca será alguém muito aprazível."

Certíssimo.Pior, será tão menos "aprazível" quanto mais sair impune de situações em deveria der seriamente punido.

Não, "este tipo" não é maluco; "este tipo" está tão coberto de razão, mas tão coberto de razão, que se não tomas um grande duche rapidamente corres o risco de não conseguir respirar.

Por mim avanço já para uma liga de pais activos anti-bestas

O Pinoka disse...

Anónimo,

Acredite que infelizmente cada vez haverá mais quem pense como nós. Este flagelo começa a ser tão frequente como a presença do alcoolismo ou toxicodependência, não há ninguém que não tenha na família ou no círculo de amigos alguém que sofra com uma destas desgraças, só com uma diferença, desconhece devido ao silencio de quem sofre.
Volte sempre


Alex

Ajuda-me a encontrar uma resposta para esta pergunta:

Será o crime da violação do segredo de justiça por jornalistas mais grave que o do bullying por adolescentes?

È que a preocupação com o primeiro é incomparavelmente maior, pelo menos para quem nos governa.

Beijocas

PS – Quanto á Liga, conta comigo.

Alex disse...

Enquanto os filhos do Socrates, do Pinto Monteiro, dessa malta toda que anda incomodada com a quebra de sigilo daquilo que moralmente deveria ser público, não forem vitimas de bullying, os jornalistas são criminosos públicos de altissima gravidade, e prioridade.
Se um desses miúdos for atacado será grave mas provavelmente será violencia instigada pelos jornalistas

atascadotijoao disse...

A minha tristeza maior é o meu país em que se acusam os inocente e libertam os criminosos. Com politicas assim só podemos estar a criar outros ainda piores !
Abraço e bfs

Estafermococus disse...

Boa Pinokada, esta.
A minha filha, com 7 anos, ainda não compreendeu a notícia, fica confusa com a situação. Não sei se é bom ou mau, mas aquele miudo de Mirandela, Leandro de nome, não deveria ser esquecido.

O Pinoka disse...

Alex

O problema é que esses dificilmente serão vítimas, até pelas escolas que frequentam, que embora pagas pelo povo de uma forma geral não são frequentadas pela generalidade do povo.
Beijocas e boa semana


Atascadotijoao

Estamos sem rei nem roque, até eu já começo a ficar na dúvida do que é crime ou não.
Abraço e boa semana


Estafermococus

O importante é que para além da confusão que a tua menina tem acerca da notícia, te vá contando tudo o que se passa com ela na escola.
Abraço e boa semana

ermelinda disse...

Estou plenamente de acordo com as vossas mensagens. Assim que não sabe respeitar os outros deve ser chamado à responsabilidade por quem de direito, já que os pais não sabem transmitir-lhe esses valores. Tigre-Ermelinda

O Pinoka disse...

Ermelinda

Continuamos a aguardar que alguem seja chamadoá responsabilidade, mas até agora ainda ninguem viu nada e desconfio que não vamos ver.

Volta sempre e boa semana