domingo, 1 de fevereiro de 2009

Maya, as mamas e a grande oportunidade perdida.


Mamas para que vos quero?

Sim. Mamas para que vos quero com um nariz destes.

Mas custava alguma coisa pedir ao indivíduo que acrescentou ali, que tirasse um bocadinho no outro lado? Quem diz tirar, diz dar um toque a ver se aquilo ia ao sítio.

É realmente uma grande oportunidade perdida.

Qual é o objectivo de uma peitaça daquelas se não acaba com a concorrência desleal que o nariz lhe faz.

Não há hipótese alguma. Enquanto não arranjar em cima, ninguém lhe olhará para baixo.

E eu que pensava que ela adivinhava umas coisas…

10 Pinokadas:

Teté disse...

Pelos vistos as "adivinhações" são só para os outros...

Mas consta que ela já recorreu a artifícios médicos! ;)

Beijocas!

O Cigarrilha disse...

loll

Saúde

O Pinoka disse...

Teté

E parece que ela adivinha bem é pelo telefone.

Beijocas e boa semana



O cigarrilha

Estas criaturas lá nos vão fazendo rir.

Bem-vindo
Abraço e boa semana

alfabeta disse...

ahahahaha, tens toda a a razão!

Será que não vê o narigão que tem?

:)

Azul Diamante* azul disse...

Mauzinho...

Mas o mundo é mesmo assim, enquanto o planeta Terra passa por crise económica onde a pobreza parece ter chegado para ficar, as mudanças climáticas que não sabemos a onde nos vão levar, há pessoas tão fúteis que só se preocupam com a aparência e o seu próprio umbigo, neste caso mamas,mas o mundo em que actualmente vivemos está cheio de gente assim, que se vão dando muito bem, pelo menos, aparentemente...

Tijoão da Tasca disse...

Para quê ... não era mais barato ir ao Aki comprar umas bisnagas?

pandora disse...

ahahahah! concordo plenamente!

polidor disse...

e para alem desses pormenores ela tem mesmo jogo debaixo dos braços, uma profissional a sério fora do tempo... esperta.

Alex disse...

Pérfido, pérfido, pérfido.

A senhora teve de aumentar as mamocas porque batia com o nariz no externo a cada vez que olhava para baixo e fazia doi-doi.
Bem podias ser mais compreensivo...

O Pinoka disse...

Pessoal,

Quero que saibam que não tenho nada contra narizes grandes, é só uma questão de prioridades.

Ah! e mais um pormenor para a implicância. Ela faz parte dos monstros que estão guardados no meu baú ai ao lado.

Abraços e beijos