sábado, 5 de janeiro de 2008

A mensagem do costume. Muda o ano..!


Dá náuseas ver os deputados da oposição e do partido do governo a opinarem acerca da mensagem de Ano Novo do Presidente de República. Assim como a mensagem não fica isenta de algum fastio.
Ver os políticos a descodificar o discurso do Presidente, faz lembrar as interpretações da Bíblia pela Igreja Católica e pela I.U.R.D.
O Presidente deveria ter a noção que nem só de engenheiros é feito este nosso Portugal. Também há e muitos, infelizmente, aqueles que não conhecem uma letra do tamanho de um prédio. Era necessária uma mensagem de ano novo tão pouco afoita na sua direcção? Porque não chama logo os bois pelos nomes? Porque não diz logo aquilo pelo qual desesperam milhares de portugueses? Uma critica firme ao que de mal tem sido feito e tem prejudicado o povo, com a identificação a quem se dirige para assim intimidar quem governa mal.
Por muito menos o Sampaio fez muito mais.
Afinal para que serve o presidente?
Para nos mandar fazer mais filhos?!

2 Pinokadas:

Pedro Sá disse...

Um discurso mais uma vez propositadamente ambíguo para agradar a todos.

martelo disse...

a indefinição é uma das características dos tabus...alem de o PR costuma dizer que ele não faz críticas directas "em cada momento"...