sábado, 24 de janeiro de 2009

Liberdade a mais. Imprensa pisa o risco.



Isto de deixarem o Cardeal D. Policarpo escrever ficção na imprensa, tem que acabar.

O que irão pensar as pessoas de bem.


Bom fim-de-semana a todos e boas leituras. Aproveitem. Ouvi dizer que vai estar um frio do caneco.

7 Pinokadas:

Tijoão da Tasca disse...

E o quem são essas pessoas de bem??eulaird

Alex disse...

Bem... pode ser que, devido à crise que abala a imprensa, a "Sábado" tenha sido comprada pela Disney...
O que tem, ainda, mais graça é que desta feita, do artigo de capa da sábado, não apareceu ninguém enchoufrado a comentar nem a dizer que o artigo é "controverso".
Dois pesos, duas medidas.

Catarino disse...

Olá... Deixei um comentário na Diabólica na sequência do teu comentário e referi precisamente esta reportagem da Sábado. Não sabia que tinhas posto aqui a capa, da mesma forma que não sabia que a Tabu também tinha feito uma reportagem idêntica...
Gostei da tua serenidade e clareza...
Voltarei...

alfabeta disse...

Achas que é ficção?

Eu não acho, ao menos ele teve tomates para dizer o que pensa.

Países onde apedrejam mulheres até à morte, achas ficção?
Eu já vi vídeos de coisas que não tenho estômago para ver uma segunda vez.


Tens uma filha, ficavas feliz se ela casasse com um gajo desses, fanático?
Claro que não são todos, mas o policarpo também falou no geral e não na excepção.

O Pinoka disse...

Tijoão da Tasca

O Bin Laden. Hehe!



Alex

Muita gente só pensa em atacar determinada personalidade, e qualquer tema é motivo para isso, pouco importa se está certo ou não. Quando o mesmo tema passa por outros deixa de ter interesse.


Catarino

Bem-vindo.
Regressa sempre que quiseres.



Alfabeta,

Calma rapariga!
Eu apenas utilizei a ironia.

Ficaste assim só por causa do cartão verde?!

alfabeta disse...

ahahaha, eu estou calma, não bebo café, só descafeínado, lol

Azul Diamante* azul disse...

Acredito em Deus, mas nunca em Instituições Religiosas, por esse motivo qualquer pessoa que faça parte de qualquer uma para mim, é um homem ou mulher como outro qualquer.Podem escrever o que pensam, para mim é igual...

Como escreveu Catherine Clément no seu livro A VIAGEM DE THÉO (que recomendo a toda e gente) "uma religião oficial não é nada mais que uma seita que teve êxito". Que eu saiba Deus não passou nenhuma procuração a ninguém.Portanto...Homens apenas